Mindfulness em Empresas

.

 

Mindfulness e bem-estar no contexto empresarial

Competências Emocionais

O modelo de ensino Ocidental tem tido uma capacidade notável de nos proporcionar a aquisição de competências nas áreas do conhecimento (saber saber), bem como na área das competências técnicas (saber fazer). Parece no entanto haver uma enorme lacuna ao nível das competências de gestão da atenção, das competências afetivas, relacionais, de gestão emocional, e genericamente de criação de resiliência (saber ser).

Por outro lado, o ritmo de demandas das nossas vidas a nível pessoal e profissional tem vindo a acelerar. É cada vez mais frequente convivermos com elevados níveis de stress e ansiedade. O stress é algo inerente à vida, no entanto, quando este atinge níveis muito elevados, ou quando se prolonga no tempo para lá da nossa capacidade de resiliência, surgem consequências desastrosas para a nossa saúde física e mental.

Mindfulness Empresas

Saúde Mental e Produtividade

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) de 2017, cerca de 970 milhões de pessoas em todo o mundo sofriam de algum distúrbio mental (cerca de 1 em cada 7 pessoas). Segundo os mesmos dados, o numero de pessoas com algum quadro de depressão ou ansiedade aumentou mais de 40% nos últimos 30 anos. Dados de 2022 vêm sugerir um aumento de 25% na prevalência de quadros de ansiedade e depressão a nível mundial como resultado da pandemia.

Em Portugal, a situação é especialmente problemática, sendo um dos países da OCDE com maior consumo de ansiolíticos, hipnóticos e sedativos, de acordo com um estudo do Infarmed divulgado em 2017. Em particular a situação do consumo de antidepressivos e ansioliticos tem vindo a crescer de forma sustentada desde o inicio da pandemia.

Olhando para o contexto profissional em empresas, o relatório publicado pela Ordem dos Psicólogos Portugueses em Julho de 2020: “O Custo do Stress e dos Problemas de Saúde Psicológica no Trabalho, em Portugal”, refere que as empresas portuguesas perdem até 3,2 mil milhões de euros por ano devido à diminuição da produtividade relacionada com o absentismo e o presentismo causados por stress e problemas de saúde psicológica, com base em dados de 2019. Estes valores são referentes ao setor privado e deixam de fora o Estado e o setor social . O mesmo documento defende que a prevenção e a promoção da saúde psicológica e do bem-estar nas empresas podem reduzir as perdas de produtividade pelo menos em 30% .

O que é o Mindfulness?

O mindfulness, ou atenção plena, é a consciência que resulta de trazermos a atenção intencionalmente para o momento presente, com determinadas qualidades afetivas e atitudinais – sem critica, sem julgamento, com aceitação, curiosidade e amabilidade. Esta competência pode ser treinada através de práticas formais como a meditação ou o movimento consciente e através de práticas informais, como pequenos momentos e hábitos criados no nosso dia-a-dia.

Existe atualmente uma grande quantidade de artigos cientificos que evidenciam os benefícios das práticas baseadas em mindfulness, em particular no que toca: à gestão de ansiedade e stress; à criação de resiliência psicoemocional; à capacidade de foco e atenção; à promoção de laços afetivos e de afiliação.

Em Países como os EUA, Canadá, Inglaterra, Alemanha, Espanha ou França as práticas de mindfulness têm vindo a ser introduzidas progressivamente em contexto empresarial, escolar e universitário com imenso sucesso. No Reino Unido há programas de mindfulness recomendados pelo National Institute of Health and Clinical Excellence.

👉 As práticas de mindfulness são muito flexíveis e facilmente adaptáveis ao contexto de trabalho das empresas no que toca ao formato (presencial ou online), duração (desde 15min a …min) e modalidade (práticas estáticas sentado em cadeira, práticas dinâmicas com movimento consciente ou caminhada).

Mindfulness Bowl
Meditação e Mindfulness Empresas

Porquê implementar mindfulness nas empresas?

Hoje, mais do que nunca, com o contexto em que vivemos, necessitamos urgentemente de desenvolver competências de gestão de atenção, gestão de stress e inteligência emocional que nos tragam resiliência e capacidade de florescer num Mundo acelerado e em constante mudança.

A prática de mindfulness visa proporcionar aos participantes benefícios a nível pessoal no que toca à redução de stress e ansiedade e aumento de resiliência emocional. A nível profissional, para além dos benefícios referidos anteriormente, procuramos potenciar benefícios nas vertentes do foco e produtividade, no aumento da criatividade e na qualidade das relações interpessoais.

.

Recomendação para Iniciar

Uma formação introdutória cria condições mais benéficas para a compreensão da prática contemplativa, para a sua iniciação e para a consistência e perseverança numa prática regular. Há uma série de conceitos e aprendizagens a adquirir que facilitam o inicio da prática de meditação, e é por isso benéfico haver um processo acompanhado de tentativa e erro e clarificação.

Nesse sentido é recomendável começar com um curso de introdução à meditação mindfulness, adaptado às necessidades do contexto da empresa, em termos de formato (online; presencial), duração (nº de sessões e duração de cada sessão) e modalidade (práticas mais estáticas e/ou mais dinâmicas). De seguida a proposta é a de implementar sessões regulares semanais de curta duração que visam criar um momento de pausa no inicio, a meio, ou no fim do dia de trabalho. Isto permite que o novo hábito do mindfulness se vá enraizando na vida dos colaboradores.

.

Referências

O instrutor Filipe Raposo conta já com diversas experiências de sucesso na colaboração com empresas, tendo realizado cursos, workshops ou sessões regulares em empresas como:

  • Mindshare
  • Media Way
  • ORASROC
  • Uponor
  • Odisseias
  • Modatex

.

Orçamentos

Por favor entre em contato connosco.