O Que Propomos

Conheça um pouco mais do projecto Compassivamente

I

Visão

Compassivamente© nasce da vontade de partilhar, desde uma perspetiva secular e universal a meditação, o mindfulness e a autocompaixão.

Acreditamos que estas práticas se interligam e suportam e podem dar um contributo para o florescimento das qualidades de compaixão, clareza mental, discernimento e plenitude existencial de quem assim o deseje.

A nossa ambição é de promover propostas que ajudem ao auto-conhecimento e crescimento a um nível profundo, dando ferramentas e apontando possibilidades para que cada um possa descobrir e consolidar o seu caminho singular de realização e autoria, em direção a uma mente compassiva, aos seus recursos e qualidades intrínsecas, a um crescente contentamento, discernimento, confiança e abertura perante a vida. Se pudermos acrescentar uma gota que seja, ao oceano de uma sociedade mais consciente, compassiva e solidária, estaremos a percorrer o nosso caminho de realização.

Missão

Propomo-nos a realizar actividades que facilitem o processo de auto conhecimento e desenvolvimento humano através de: sessões regulares de meditação em grupo, cursos de meditação e auto-compaixão, workshops, retiros, atendimento psicoterapêutico individual e publicação de textos sobre diversas temáticas: natureza humana, psicologia, espiritualidade, existencialismo, etc.

Princípios Éticos

Os Princípios Éticos que pretendemos seguir nas actividades e conteúdos propostos são:

• Respeito e compaixão por todas as formas de vida;
• Honestidade e responsabilidade;
• Vontade de ensinar, mas também de aprender, com uma atitude de respeito, curiosidade e humildade perante a situação existencial e a diversidade do sentir, pensar e expressar do outro;
• Princípios de generosidade e partilha, tendo em consideração as possibilidades financeiras de cada um no acesso às actividades;
• Confidencialidade de toda a informação pessoal partilhada no âmbito de práticas, cursos, workshops ou atendimento terapêutico;

A vontade de concretizar os princípios éticos de generosidade e partilha, surge de um sentimento de gratidão e retribuição a esta teia de interdependência na qual vivemos. Ter algo de válido e importante para passar ao outro, só é possivel porque tanto foi também generosamente recebido, por tantas outras pessoas ao longo do caminho.

Por outro lado, acreditamos que o acesso a propostas de crescimento pessoal e espiritualidade não deve ficar restrito às classes sociais mais privilegiadas.

Dentro das nossas possibilidades, e, respeitando também a nossa necessidade de subsistência e valorização de tempo e energia, comprometemo-nos com o principio dos Escalões de Contribuição nas atividades de grupo exclusivamente organizadas por nós.

II

Contribuição Consciente

ESCALÕES DE CONTRIBUIÇÃO

Propomos vários escalões de contribuição, de forma a que o custo de uma determinada actividade possa ser ajustado, para levar em conta todas as partes envolvidas na troca. O participante escolhe o contributo que vai dar, dentro dos escalões propostos, consoante as suas reais possibilidades financeiras, tendo também em conta a necessidade de valorizar: o trabalho apresentado, e, o espaço que nos acolhe.

Temos 3 escalões:

A. __ € a __€ (+ disponibilidade) – para quem tem alguma margem, ao valorizar a atividade, tem a oportunidade de praticar generosidade e possibilitar que outros com menos margem também participem.

B. __ € a __€ (- disponibilidade) – para quem tem pouca margem, contribuindo ainda assim para que a actividade se possa realizar.

C. … € a … € (concessão) – para quem tem muito pouca margem, sabendo que desejavelmente haverá um equilíbrio na troca entre o conjunto dos participantes.

A proposta do Mindfulness vai no sentido de irmos ao encontro de nós mesmos, cultivando uma relação de verdade, honestidade e generosidade.

A escolha do valor da contribuição é uma oportunidade para o participante praticar este sentido de responsabilidade, honestidade e generosidade. Esta escolha deve resultar da ponderação de cada um, sendo que um critério que talvez possa ajudar no momento de escolher, seja o de optar pelo que deixar a sua consciência em paz, ou o seu coração de “mãos dadas” com a razão.

III

Quem somos

FILIPE RAPOSO – Fundador do projeto CompassivaMente

Mais do que cursos, certificados e formações, acredito que foi o caminho, os olhares de confiança e de validação, as palavras de encorajamento, os gestos de amor, afecto e dignidade, e os momentos de redenção – que tive comigo mesmo e com tantas pessoas a quem estou imensamente grato – que ajudaram a tornar-me pessoa.

Ainda assim deixo aqui um resumo de algumas formações e retiros que considero relevantes neste trajecto:

  • Psicoterapeuta Somático pelo Centro de Psicoterapia Somática em Biossíntese certificado pela European Association of Psychotherapy (EAP);
  • Curso de Somatic Experience (SE Practitioner);
  • MBSR-Mindfulness Based Stress Reduction Qualified Teacher, pelo Mindfulness Based Professional Training Institute, Universidade da Califórnia, San Diego (UCSD), c/ Steven Hickman e Allan Goldstein;
  • MSC-Mindful Self-Compassion Trained Teacher, pelo Center for Mindful Self-Compassion, c/ Steven Hickman, Anna Friis, David Spound, Christine McMulkin;
  • MBCT-Mindfulness Based Cognitive Therapy Specialist in Training pela Universidade CMRP de Bangor, c/ Adrian Karunavira;
  • Curso Satipatthana Sutta (fundamentos do mindfulness), c/ Ven. Bikhu Analayo;
  • Curso de Trauma Sensitive Mindfulness, c/ David Treleaven;
  • Orientador de grupos de prática regular de meditação mindfulness desde 2017;
  • Praticante regular de meditação mindfulness desde 2012;
  • Curso de 10 dias de meditação Vipassana, na tradição de S.N. Goenka, no Monte Mariposa;
  • Curso de 10 dias de meditação e Budismo, na tradição Mahayana, linhagem Tibetana Gelug, no Mosteiro de Kopan em Kathmandu, Nepal;
  • Vários retiros de meditação com o Sagara Pryia e Ven. Ajahn Vajiro;
  • Formador reconhecido pelo IEFP com certificado de competências pedagógicas (CCP) nº F726644/2022;
  • Pós-Graduação em Gestão pelo ISEG;
  • Licenciatura em Eng.ª Electrotécnica e Computadores pelo IST.