Meditação, Mindfullness e Autocompaixão

CompassivaMente

Mindfulness e o Treino de Atitudes

Mindfulness e o Treino de Atitudes

 

O treino de atenção plena é muito mais do que um treino mental com um simples algoritmo ao estilo: Nota a respiração -> Continuas atento? Sim -> Então continua a prestar atenção; Não -> Então traz a atenção de volta à respiração.

Desenvolver mindfulness, é muito mais do que um treino mecânico, com o qual melhoramos a nossa capacidade de estar atentos ao que se passa aqui e agora. O tipo de intencionalidade por detrás de um treino mecânico, mantém-nos num domínio a que podemos chamar de “modo fazer”, no qual continuamos a querer controlar a vida para que esta seja mais de acordo com o que achamos  apropriado.

 

“Desenvolver mindfulness, é muito mais do que um treino mecânico, com o qual melhoramos a nossa capacidade de estar atentos ao que se passa aqui e agora.”

 

Treinar mindfulness, envolve criar condições benéficas no corpo e mente, para que momento a momento se estabeleça uma relação intencional de recetividade, abertura e sensibilidade face ao fluxo de experiência. Podemos dizer que treinar mindfulness tem uma componente relacional em si. A relação que vamos estabelecendo com o nosso fluxo de experiência, e connosco mesmos, deve ser tal que facilite o desenvolvimento de sabedoria e compaixão.

É aqui que entra a intenção e o treino de atitudes. Em particular no treino de mindfulness no âmbito do programa MBSR, tal como definido por Jon Kabat-Zinn, a intenção que tentamos estabelecer momento a momento deve ser informada por um conjunto de 9 atitudes a que Jon chamou as atitudes fundamentais de mindfulness. Estas atitudes ajudam a convidar uma perspetiva mais ampla, menos centrada no nosso sentido de “eu” com as suas narrativas e certezas, menos alimentada pelo hábito de querer controlar a realidade, convidando a uma abertura de coração.

 

“A relação que vamos estabelecendo com o nosso fluxo de experiência, e connosco mesmos, deve ser tal que facilite o desenvolvimento de sabedoria e compaixão.”

 

As 9 atitudes facilitam o processo de transitarmos do “modo fazer” para o “modo ser”, facilitam a conexão mente-corpo, facilitam um equilíbrio razão-coração e facilitam uma sintonia com as coisas tal como são na sua natureza transitória, impermanente, insatisfatória e interdependente. As atitudes convidam a mente a tornar-se sábia e compassiva, o que por sua vez reforça a presença das atitudes a cada momento.

As 9 atitudes não têm uma ordem especial pela qual devem surgir. Cada atitude está diretamente ligada com as restantes, então quando desenvolvemos uma, na verdade estamos a contribuir para o desenvolvimento de todas. Podemos usar a metáfora de um prisma. Se a luz da  sabedoria<->compaixão passasse através de um prisma, as diferentes cores que resultariam ao passar por esse prisma seriam as atitudes fundamentais.

Cada uma das atitudes, ou várias destas atitudes, podem e devem ser evocadas intencionalmente durante a meditação (ou em qualquer momento das nossas vidas), no sentido de ajudar a lidar com os obstáculos mentais que nos impedem a continuidade de atenção plena. E é aqui que está o cerne e a subtileza da meditação. Precisamos de notar o que está a acontecer, identificar que obstáculo ou forma de resistência ao aqui e agora está presente, e depois convidar a(s) atitude(s) mais apropriada. Por exemplo, se notamos que nos distraímos muito porque estamos aborrecidos, como seria convidar a mente de principiante e uma atitude exploratória? Por exemplo, se estamos muito agarrados a um pensamento ou uma estória, como seria convidar uma atitude de desapego, de deixar ir o pensamento?

 

“Cada atitude está diretamente ligada com as restantes, então quando desenvolvemos uma, na verdade estamos a contribuir para o desenvolvimento de todas. “

 

Quais são as 9 atitudes a desenvolver? A mente de principiante; o não-julgamento; a aceitação; o desapego ou despojamento; a confiança; a paciência; o não-esforço ou não-luta; a gratidão; a generosidade.

 

 

Filipe Raposo

Novembro 2023

 

Compartilhar

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Receba Gratuitamente

Ebook sobre mindfullness

Mais Relacionadas

Esperança

Ouvir a narração deste texto:   “…A esperança é a mais doce e implacável das carcereiras…”, Autor Desconhecido

Ler mais "

Paradoxos no Caminho

Ouvir a narração deste texto: Paradoxo refere-se à circunstância, que conjuga diferentes aspectos da realidade aparentemente antagonistas ou

Ler mais "

Subscreva a nossa newsletter

INTRODUZA O SEU EMAIL E ESTEJA SEMPRE A PAR DAS NOVIDADES

Por um mundo mais compassivo. mindfullness, autocompaixão

@compassivamente 2023